• Home
  • /
  • Programação

09h00 às 09h45| Cerimônia de Abertura e Boas-Vindas

Venilton Tadini, Presidente Executivo da ABDIB – Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base
Vinicius Poit, Deputado Federal Eleito pelo Estado de São Paulo
Bruno Covas, Prefeito da Cidade de São Paulo

PLENÁRIAS

09h45 às 10h15 | Plenária: Como foi o ano de 2018?

Painel introdutório, com apresentação de estatísticas e informações preparadas pela Radar PPP e comentada por especialistas. Análises críticas de como foi o ano de 2018 para as Parcerias Público-Privadas e concessões.

Rodrigo Reis, Sócio da Radar PPP


10h15 às 10h30 | Breve Intervalo


10h30 às 12h00 | Plenária: Impacto das eleições para o mercado de PPPs

Como o resultado das eleições para o governo central e para os governos estaduais interfere nas políticas de PPPs e concessões para os próximos 4 anos.

Venilton Tadini, Presidente Executivo da ABDIB – Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base
Marco Aurélio Barcelos,  PPI
Marcio Zanetti, Diretor do Economist Intelligence Unit Brasil


12h00 às 14h00 | Intervalo para o almoço

PALCO 01

14h00 às 15h40 | Painel 1: A metade final do ciclo municipal

O que esperar do pipeline das Prefeituras que  e onde as Prefeituras que ainda não priorizaram o tema devem fazer até 2020

Wilson Poit, Secretário Municipal de Desestatização e Parcerias – Prefeitura de São Paulo
Fernando Tavares Camacho,  Investment Officer, IFC
Alexandre Lopes, ABCON e SINDCON

 


16h00 às 17h30 | Painel 2: Rotas de estruturação de projetos de PPP e concessão

PMIs? Apoio da Caixa e do BNDES? Multilaterais? Outras alternativas? Esse painel trata de como será o ano de 2019 para a preparação e o desenvolvimento de projetos de PPP e concessão.

Paul Procee, Program Leader Infrastructure do Banco Mundial
Osmar Lima, Chefe da Área de Desestatização do BNDES
André Araújo, Gerente Executivo da Caixa Econômica Federal

Moderador: Maurício Portugal, Sócio da Portugal Ribeiro Advogados

PALCO 02

14h00 às 15h40 | Painel 3 A Lei 13.655/2018 e os impactos no mercado de PPPs e Concessões

Como as alterações na Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro (LINDB) vão influenciar os órgãos de controle na análise e fiscalização da atuação de gestores públicos que lidam com a preparação e gestão de contratos de PPP e concessão. A reforma legislativa traz mais segurança? Ajuda ou compromete o desenvolvimento de PPPs e concessões de melhor qualidade?

Virgílio Enei, Coordenador da área de infraestrutura e Financiamento de Projeto, Sócio da Machado Meyer
Juliana Palma, Fundação Getúlio Vargas


16h00 às 17h30 | Painel 4: As PPPs que estão dando errado

Performance abaixo do nível esperado. Governos que não honram compromissos fiscais. Matriz de riscos alteradas por conta de demandas de curto prazo. Desalinhamento de incentivos. Estruturas de garantias ineficazes. O que já deu errado com as PPPs no Brasil e o que podemos tirar de lição a partir disso?

Augusto Neves Dal Pozzo, Sócio- Fundador da Dal Pozzo Advogados

Moderador: Marcello Palha, Diretor do Segmento Civil, Fundação Ezute


17h30 às 18h00 | Breve Intervalo


18h00 às 20h00 | Premiação PPP Awards

Categorias concorrendo:

Projeto do ano;
Modelagem do ano;
Unidade de PPP do ano;
Concessionária do ano;
Ideia inovadora do ano;
Prêmio “Jorge Hage Sobrinho de Transparência”

  • 09:00
    PLENÁRIA: Cerimônia de abertura

    CONVIDADOS: Wellington Dias, Governador do Estado do Piauí / Ricardo Reis, Vice-Dean da Católica-Lisbon School of Business & Economics / José Carlos Martins, Presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção / Marcos Siqueira, Sócio da Radar PPP.
  • 10:00
    PLENÁRIA: Panorama do mercado Brasileiro de PPPs
    Apresentação dos contratos assinados por segmento, ranking dos poderes públicos que mais assinaram contratos de PPP strictu sensu, termômetro dos segmentos e de regiões em que os pipelines estão mais aquecidos. Informações da Radar PPP serão disponibilizadas para irrigar o debate da conferência, mostrando dados da realidade atual e as perspectivas para o mercado brasileiro de PPPs nos próximos anos.

    PALESTRANTE: Rodrigo Reis, Sócio da Radar PPP.
  • 10:40
    PLENÁRIA: O futuro do financiamento da infraestrutura no Brasil
    Com a crise econômica e a mudança do perfil do CAPEX dos principais projetos de infraestrutura no Brasil, os bancos públicos precisarem ressignificar a sua atenção. Além da própria mudança de postura dos principais bancos de fomento ao desenvolvimento do país, vimos surgir um cenário sem precedentes para a consolidação das bancas privadas e recrudescimento do mercado de capitais para grandes projetos de infraestrutura no país.

    PALESTRANTES: Luciene Machado, Superintendente da Área de Saneamento e Transporte BNDES / Antônio Gil Silveira, Diretoria de Saneamento, Infraestrutura e Negócios da Caixa / Ricardo Reis, Vice-Dean da Católica-Lisbon School of Business & Economics. MODERADOR: Venilton Tadini, Presidente da ABDIB.
  • 14:00
    PALCO 1: O futuro da estruturação dos projetos de PPP no Brasil
    O Brasil é um país de dimensões continentais. O governo central e os entes subnacionais se recorrem às mais diferentes formas para estruturar projetos de PPP: PMI, consultores externos, equipe própria, apoio de Instituições de fomentos, órgãos multilaterais, fundações, dentre outros. Há críticas e elogios para cada uma das soluções, mas a pergunta que se faz é: esse modelo heterogêneo é sustentável? Há que se fazer esforços para harmonizar a prática pública do Brasil para lidar com esse tema?

    PALESTRANTES: Maurício Portugal, Sócio do Portugal Ribeiro Advogados / Hamilton Amadeo, CEO da AEGEA / Renato Sucupira, sócio da BF Capital. MODERADOR: Marcos Siqueira, sócio da Radar PPP.
  • 14:00
    PALCO 2: Quais são e como superar as principais críticas ao modelo de PPPs tal como implementado no Brasil?
    Identificar os principais gargalos que condicionam a disseminação do instituto das Parcerias Público-Privadas por todo o país, apontando pontos de aprimoramento, inadequações, eventuais incompatibilidades com especificidades regionais e, até mesmo, experiências concretas que falharam e que servem de lição sobre o que se evitar.

    PALESTRANTES: Carlos Alexandre Nascimento, Mestre em Gestão e Políticas Públicas da LSE - London School of Economics and Political Science / Philippe Enaud, Presidente-fundador da Vivanti / Sandro Cabral, Professor de Estratégica do Insper. MODERADORA: Isadora Chansky Cohen, Responsável pela Unidade de PPP do Governo do Estado de São Paulo.
  • 16:00
    PALCO 1: Painel Econômico-Financeiro
    O que pensam algumas das principais consultorias do país sobre o futuro do investimento privado em infraestrutura e serviços público por meio de contratos de longo prazo no Brasil, na ótica econômica e financeira dos contratos? Quais as lições puderam ser aprendidas a partir do estoque da experiência nacional e o quais os próximos passos para o amadurecimento do ambiente de PPPs no Brasil?

    PALESTRANTES: Henrique Pinto, Secretário de Articulações de Políticas Públicas, PPI / Maurício Endo, Sócio da KPMG / Elias Souza, Diretor de Infraestrutura e Setor Público da Deloitte Brasil / Rosane Lohbauer, Sócia do Madrona. MODERADOR: Marcio Lutterbach, Sócio da PWC.
  • 16:00
    PALCO 2: Painel Jurídico
    Questões da área do Direito relacionadas aos desafios regulatórios das PPPs e Concessões vigentes. O que pensam algumas das principais bancas de advogados do país sobre os desafios regulatórios, a não-performance das concessionárias, o cumprimento das obrigações de fazer e pagar do Poder Concedente, os contratos que correm risco de extinção antecipada, os reequilíbrios contratuais, dentre outros assuntos correlatos. Quais as críticas ao framework jurídico atual? Como tem sido a atuação do judiciário e das câmaras arbitrais? Há necessidade de aprimoramento da Lei de PPPs?

    PALESTRANTES: José Virgílio Enei, Sócio da Machado Meyer / Ana Cândida Lemos de Mello Carvalho, Sócia da Tozzini Freire / Frederico Bopp, Sócio da Azevedo Sette. MODERADOR: Maurício Portugal, Sócio da Portugal Ribeiro Advogados
  • 17:45
    PLENÁRIA: O que se esperar da política de desestatização da principal cidade do país nos próximos 3 anos
    O que se esperar da política de desestatização da principal cidade do país nos próximos 3 anos.

    PALESTRANTE: Wilson Poit, Secretário de Desestatização da Prefeitura de São Paulo.
  • 18:10
    Concessionária do Ano | Via Quatro
  • 18:25
    Prêmio Jorge Hage Sobrinho de Transparência | Unidade de PPP do Governo do Estado de São Paulo
  • 18:40
    Órgão de Controle do Ano | CGE – MG
  • 18:55
    Unidade de PPP do Ano | Governo do Estado de São Paulo
  • 19:10
    Projeto Municipal do Ano | Inova BH – PPP das Escolas
  • 19:25
    Projeto Estadual do Ano | PPP da Habitação
  • 19:40
    Ideia inovadora do Ano | Aprimoramento da Financiabilidade – IFC
  • 20:00
    Projeto do Ano | Inova BH – PPP das Escolas